Matéria:Brasiléia é contemplada com a implantação do sistema telediagnóstico e instalação de aparelho de eletrocardiograma

Matéria:Brasiléia é contemplada com a implantação do sistema telediagnóstico e instalação de aparelho de eletrocardiograma

Leila Ferreira/SECOM

A população de Brasiléia agora contará com novo serviço de saúde no município evitando assim o deslocamento para a capital Rio Branco. Na terça-feira, 12, foi instalado o Programa Telediagnóstico que visa ampliar o serviços de diagnósticos de exames realizados nas áreas de eletrocardiograma. É uma operação articulada pela coordenação do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes (Ministério da Saúde), SESACRE, e Secretarias Municipais de Saúde.

Em Brasiléia, a Prefeitura busca desde 2018 realizar implantação do programa telediagnóstico e instalação de 3 aparelhos de eletrocardiograma, adquiridos com recursos próprios. O serviço será ofertando em 3 Unidades Básicas de Saúde, Tufic Mizael Saady, Francisco de Assis e Ricardo Barbosa no quilometro 26, zona rural, onde a população agora pode realizar exames de eletrocardiograma e receber o resultado em até 15 minutos através de uma central, com especialistas na área, localizado estado de Minas Gerais.

O Secretário de Saúde Francisco Borges falou da importância “Era uma preocupação da prefeita Fernanda Hassem, em realizar estes exames no próprio município e agora já estamos aptos a atender a população, na área de eletrocardiograma, e agora vamos atender essa demanda que estava reprimida, sem falar na redução de gastos e um preço muito alto que a prefeitura gasta com transporte para atender a demanda” destacou.

A paciente Ana Lúcia que mora na zona rural de Brasiléia, já esteve na UBS Tufic Mizael Saady para realizar o EXAME, falou a respeito do investimento.

“Muitas vezes a gente não tem condições para ir até Rio Branco eu já venho da zona rural e tenho muito gasto, e agora podemos fazer esse exame aqui e isso é muito importante pra gente”, finalizou.

Mônica Moraes, coordenadora do serviço de Telediagnóstico da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), destaca importância para os municípios. “O objetivo é e diminuir as filas na Fundação Hospitalar, mais rapidez no diagnóstico, já que o exame é feito no próprio município, além de diminuir as filas de espera e ainda tem diminuição de despesas com transportes para os pacientes, a população é quem ganha com esse serviço e a gestão tanto municipal quanto estadual ganha com diminuição de gastos, dessa forma os municípios fazem a seleção dos pacientes que realmente precisam de tratamento com cardiologista e a rapidez no diagnóstico do paciente em até 15 minutos”. Disse a coordenadora.

No Acre apenas 8 municípios já estão com o programa telediagnóstico implantado e aparelhos de eletrocardiograma instalados. Em Brasiléia, além das 3 unidades, vai funcionar também no Hospital Wilde Viana.

Dona Maria da Conceição disse que é muito importante fazer esse exame em Brasiléia.“Não tenho transporte para ir até Rio Branco fazer o exame de eletrocardiograma, tenho problema de saúde e às vezes passo mal na viagem. Aqui é perto da casa da gente, a prefeita Fernanda Hassem está de parabéns pela iniciativa para nossa cidade” destacou.

Médicos e enfermeiros das UBS de Brasiléia receberam capacitação teórica e prática para que possam atender a população de Brasiléia através dos exames de eletrocardiograma.

 

Comentários

Comentários: 0